Resumindo…

Lúcio Cesar Menezes (escrito em abril de 2004)

a-falarDuas situações acontecidas hoje valem um pequeno comentário. Elas têm a ver com comunicação e características próprias de homens e mulheres.
Nas duas, a Larissa está envolvida – o que exemplifica a necessidade de os pais se interessarem por uma boa comunicação com os filhos.
Indo almoçar, depois de pegar “as crianças” no Colégio Batista, cheguei a um cruzamento difícil de ser atravessado, pois não tem semáforo. Após pequena espera, um dos carros diminui a velocidade e sinaliza para que eu passe.
Agradeço acenando com a mão e sigo em frente. Larissa, bem observadora, me pergunta:

  • “Pai, é obrigado isto?”
  • “Não, filha.” Respondo.
  • “Então para que você faz?” retruca ela.
  • “Para agradecer por ele ter me deixado passar!” respondo.
  • “Então é obrigado, ora..”

Demos uma olhada rápida um para o outro e começamos a rir. A “ficha caiu” para os dois na mesma hora.
Larissa falou o obrigado no sentido de agradecer e eu entendi no sentido de obrigação, ter que fazer. Assim, minha resposta correta teria sido simplesmente sim. É um sinal de obrigado.
Como entendi de forma diferente, houve um momento em que ficamos sem nos compreender.
No exemplo, o tempo foi rápido e a “incompreensão” inofensiva, até divertida. Rimos muito.
Muitas outras situações, entretanto, podem levar a desentendimentos graves e com conseqüências indesejáveis. Daí a importância de conferir se o que se diz está sendo bem compreendido pela outra parte – amigos, cônjuge ou filhos.
Lembre que um conceito importante de comunicação é de que o emissor é responsável por garantir que o receptor tenha entendido bem a mensagem.
Depois do almoço, Larissa vem conversar comigo sobre um resumo que precisa fazer. Coloco-a no colo, enquanto ainda é possível, e peço para que comece a me contar a estória do livro.
Ela vai falando, falando, falando. Dá detalhes, detalhes e mais detalhes. Vejo que o resumo vai ficar maior que o livro!
Dou-lhe um abraço, faço umas cócegas, rimos muito e então falo: Lalá, é um resumo! Conte quem são os personagens, qual o problema/situação que estão passando, o que pretendem fazer para resolver e conclua dizendo se deu certo. Basta isto!
“Ué, pai, mas aí não vai dar nem uma página…”
Bom, mais uma diferença interessante na forma de pensar e se comunicar se evidencia.
O gosto pelos detalhes, por falar “tim tim por tim tim” do que aconteceu é uma característica das mulheres. Exceções confirmam a regra.
Não se veja isso como preconceito ou estereótipo. Veja-se como mera constatação de fatos, pois há vantagens e desvantagens. Como em quase tudo na vida.
O que interessa, no caso, é compreender a diferença e tirar proveito dela.
As mulheres (releve a generalização) gostam e valorizam a conversa, não seu resultado. Contam e compartilham problemas e o fazem com muitos detalhes, explicações e expressões sentimentais. O só falar já é uma terapia. Já alivia a alma.
Os homens, ao contrário, valorizam mais o resultado que o processo. Conversam, falam apenas o necessário para chegar a uma conclusão, a uma solução.
A compreensão das diferenças ajudará muito na qualidade do relacionamento familiar. Vamos aproveitar as habilidades próprias e utilizá-las em benefício de todos.
O importante não é sermos todos iguais. Muito melhor, é valorizarmos as diferenças e tirarmos proveito delas.
Resumindo, a família é um corpo e pode se beneficiar das diferenças de seus membros. Depende apenas de incentivar a visão de que somos complementares e valiosos em nossas diferenças.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em comunicação, Familia, Filhos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Resumindo…

  1. Mirian Menezes disse:

    Que legal amor!!! Recordar é viver!!! Bjs!!!

    Enviado via iPhone

    >

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s