Estabilidade sim, rotina não!

por Lúcio Cesar Menezes

há um lado certo da cama para você dormir #bodasdepratalucioemirinha

Há certas coisas que só se aprende quando casa. As pessoas podem falar, cursos de noivos podem orientar, palestrantes podem aconselhar, mas só a vida real para concretizar o aprendizado.

casal-cama (1)Uma delas é aprender a respeitar uma regra não escrita que se estabelece nos primeiros meses de forma insidiosa e subreptícia – qual lado da cama você vai dormir nos próximos anos, “até que a morte os separe”!

Solteiro, cama só pra você, quem vai pensar nisso? Você tem todo o espaço do mundo, escolhe pra que lado deita, reto ou enviesado,  certinho ou espalhado… É só deitar e pronto. Casou e tudo fica diferente.

Agora vai ter um lado certo, determinado e fixo. E ai de quem desrespeitar, deitar do lado errado. Crise certa. Logo tudo fica natural, estabelecido, estável! Ninguém mais erra, nenhum muda de lado, sempre do mesmo jeito.

Isto é ESTABILIDADE ou ROTINA? O casamento é um relacionamento de longo prazo e, por consequência, manifesta as duas situações. Pode-se dizer que a primeira traduz um conceito positivo e, a segunda, um conceito negativo.

A estabilidade do casamento, por exemplo, faz bem à saúde. Em pesquisa na Finlândia, “a equipe de pesquisadores descobriu que homens solteiros de todos os grupos etários eram de 58% a 66% mais propensos a sofrer um ataque cardíaco do que os casados”. Além disto, o casamento também faz muito bem à saúde financeira. “Um estudo do professor americano Jay Zagorsky, da Universidade do Estado de Ohio, apresenta um quadro completo sobre como o matrimônio pode beneficiar o bolso do casal. Segundo a pesquisa, o patrimônio de uma pessoa casada aumenta 93% depois da união e diminui 77% com o divórcio. O estudo foi feito com 9.055 pessoas, acompanhadas entre 1985 e 2000, com idades entre 41 e 49 anos na época da conclusão do levantamento.” (ISTO É DINHEIRO Nº EDIÇÃO: 440 | 22.FEV.06)

Por outro lado, diga não à rotina! Ela indica comodismo, inércia, falta de vontade de mudar, insensibilidade e preguiça. Também se estabelece no casamento sutilmente, entra sem avisar e logo toma conta de tudo.

Vem e muda todo o clima de descoberta, curiosidade, improvisação, renovação e interesse pelo outro tão presente e natural no namoro. De uma hora para outra o clima em casa fica frio e sem graça. Se o casal não cuidar e agir intencionalmente para mudar a situação o relacionamento pode sofrer sérias avarias.

As boas lembranças dos 25 anos passam por esta percepção de que a estabilidade deve ser aceita e incentivada, mas a rotina “enxotada” a cada semana!

Anúncios
Esse post foi publicado em comunicação, Familia, Filhos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Estabilidade sim, rotina não!

  1. Mirian disse:

    Nossa amor, ficou muito bom este!!! Que verdade!!! Beijos!!!

    Enviado por LM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s