Elogios, um bom investimento

publicado originalmente em março de 2002

Ninguém pode negar que vivemos em um mundo estressante e com tons negativistas.
As notícias publicadas são escolhidas pelo teor de violência, ofensa e tragédia que possa chamar a atenção dos leitores. Há uma certa expectativa em tomar conhecimento do sofrimento e da luta dos outros como forma de atenuar as frustrações pessoais.
É preciso garimpar notícias positivas nos jornais e revistas, um trabalho difícil e nem sempre recompensado.
Vivendo num mundo cheio de violência, nada melhor que ter uma família e investir para que o ambiente em casa seja agradável e reconfortante. Alegria, companheirismo, respeito, segurança e carinho são alguns aspectos que podem incentivar o retorno para o lar.
Entretanto, o que se percebe é que a influência das pressões externas, das notícias ruins, dos problemas de trabalho e das dificuldades financeiras têm sido determinantes no ambiente familiar.
Trazemos para casa as pressões e contribuímos para que o clima em casa também se torne tenso, áspero e estressante.
Com tanta influência negativa, não admira que os relacionamentos estejam sendo prejudicados. Há muita tensão, muito estresse, pouca paciência e pouca disposição para compreender as carências do cônjuge.
É preciso tomar uma atitude para mudar o curso. Se nada for feito, prevalecerá o negativismo.
Uma forma simples e eficiente de melhorar o clima familiar e esquentar o relacionamento é o elogio. Ele demonstra que você está interessado no outro e disposto a destacar os aspectos positivos da relação.
Simon Presland, em artigo para a revista Christianity Today (Fall 2000), chama a atenção para o fato de que muitos relacionamentos não apresentam graves problemas ou grandes ofensas, mas se ressentem de palavras carinhosas, de elogios e de reconhecimento do valor do outro.
Ele relaciona algumas dicas para que o elogio se torne uma prática comum na sua vida:
1.
Seja criativo
2.
Seja específico
3.
Elogie seu cônjuge em público
4.
Elogie tentativas de melhorar, de acertar
5.
Desenvolva o hábito de elogiar o parceiro todos os dias.
Certamente o seu cônjuge não é perfeito. Mas, em vez de ficar procurando por erros para apontar e criticar, faça um esforço para valorizar os pontos positivos. Mais óbvio ainda, você não é perfeito também!! Assim, o que importa é uma decisão – vale a pena elogiar, pois toda a família será beneficiada.

Uma família que cultiva um ambiente positivo, capaz de valorizar as pessoas, terá chances bem maiores de manter um casamento bem sucedido.

Anúncios
Esse post foi publicado em Familia, Filhos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s