Toda regra tem sua exceção

Há muitas formas de agradar o cônjuge.
Não faltam exemplos e dicas de como se tornar atraente, sensual, carinhoso.

Fala-se de roupas, atraindo o olhar. De perfumes, inebriando o olfato. De cremes, fazendo do contato com a pele um momento de prazer.
Para fascinar o homem, via de regra, basta que as mulheres caprichem no visual.

Cabelos, maquiagem, roupas que escondem mais que revelam são o caminho comprovado para uma conquista fácil.
As estratégias de conquista são bem visíveis no processo de paquera e namoro. A escolha das roupas e o cuidado com a apresentação pessoal se tornam arma essencial para ser bem sucedida.
Nos casamentos que vão seguindo bem o interesse em agradar ao cônjuge continua presente. Não foi substituído pela acomodação nem pela postura pouco inteligente de não há mais a necessidade de manter o nível do namoro.
Casal que se preza precisa estar ligado no que agrada o outro. Nem sempre as regras já estabelecidas são as melhores formas de envolver o cônjuge.
As características pessoais vão gerando formas não convencionais de ser, preferências bem diferentes da regra geral.
Diz uma regra – mulheres, caprichem na escolha de camisolas ou roupas de dormir, pois os homens adoram desnudá-las lenta e calmamente. Pode ser, mas há quem prefira a completa transparência, o baby doll curto e, em alguns casos, a completa nudez.
Nesses casos, pode ser que haja uma boa economia na compra de uma ou duas camisolas apenas para quando houver visitas. No mais, uma blusinha curta por cima do corpo já será excitante o suficiente.
Outra regra diz – homens, qualquer lembrancinha já é bastante. O importante é a lembrança.
É verdade. Muitas vezes os homens deixam de dar presentes por um longo tempo por não terem dinheiro suficiente para um presente caro, perfumes franceses, jóias ou óculos importados. Ficam presos à idéia errada de que as mulheres só apreciam presentes caros e acabam perdendo oportunidades de marcar pontos importantes.
Lógico (“apelo ao racional masculino”) que haverá momentos em que a regra não se aplicará, quando será apropriado um presente mais caro, mais elaborado, que marque de forma especial. Fique atento e aprenda a distinguir tais momentos.
De toda forma, lidando com mulheres maravilhosas há sempre espaço para quebra de regras e, especialmente, da lógica. Querem ver algo que movimenta o interesse feminino e faz seus olhos brilharem intensamente?
Basta ir a uma festa chique e observar os arranjos de mesa. Há todo um movimento para garantir o seu. Vale tudo – etiquetar, ficar na mesa e não se afastar um minuto para não perdê-lo de vista, avisar a quem chegou depois que aquele arranjo já tem dono e, em casos mais graves, dar uma circulada para pegar algum que esteja dando sopa…
Uma forma certa de ganhar pontos com elas, em tais circunstâncias, é fazer a “guarda do troféu” e garantir que ninguém vai expropriá-lo.
Tais “lembrancinhas” valem mais que muitas jóias!!
Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s